6 em cada 10 empresas espanholas já usam redes SD-WAN

A forma de fazer negócios está mudando substancialmente e as empresas precisam adotar tecnologias digitais que lhes permitam aumentar sua vantagem competitiva neste novo cenário. A conectividade de rede oferece suporte a todos os aspectos dessa transformação digital necessária e, portanto, a evolução das redes WAN em direção a ambientes definidos por software é essencial. De acordo com o novo relatório “Potencial de SD-WAN nas comunicações na era cognitiva” da IDC Research Espanha em conjunto com a Evolutio e a Cisco, 64% das empresas espanholas já utilizam redes SD-WAN e, de facto, 36% o fazem já fazendo uso extensivo deles.

O novo relatório da IDC Research Espanha confirma que a tecnologia SD-WAN, baseada em arquiteturas de rede híbrida, tem visto sua popularidade crescer nos últimos anos, entre outros motivos porque agrega inteligência centralizada baseada em software que monitora, analisa e controla a rede, permitindo que o usuário pode combinar diferentes sistemas de conectividade (por exemplo, MPLS, Internet, Ethernet e wireless) em uma rede híbrida, o que pode resultar em uma combinação ideal de custo e desempenho para cada local e aplicação.

De fato, no relatório do IDC, Evolutio e Cisco revelam que os casos de uso em que a aplicação de redes SD-WAN parece mais benéfica estão relacionados ao gerenciamento de uma ampla rede de subsidiárias, necessidade de aumento da segurança, maior tráfego de rede ou a facilidade de gerenciamento de vários provedores.

Boosters e inibidores

Segundo o relatório “Potencial do SD-WAN nas comunicações na era cognitiva”, o principal motivo que leva as organizações espanholas a adotarem as soluções SD-WAN é melhorar a segurança das suas redes, segundo 34% das empresas inquiridas. O segundo motor mais suportado é a velocidade de provisionamento (33%), seguida da otimização da sua resiliência (31%).

Quando se trata dos fatores que inibem a adoção do SD-WAN, as próprias organizações destacam o custo de implementação, bem como as preocupações com a segurança. Este último elemento pode ser interpretado como a preferência em não fazer alterações nas redes WAN tradicionais devido à falta de mecanismos automatizados, ágeis e seguros, o que pode levar à geração de impactos no serviço.

SD-WAN no contexto da nuvem

As novas necessidades digitais estão impulsionando as organizações a evoluir suas plataformas para o modelo de nuvem, de forma a prover suas comunicações e serviços digitais com flexibilidade, escalabilidade e tempos de reação de acordo com a demanda cada vez mais exigente do mercado. Conforme consta do relatório IDC Research Espanha, Evolutio e Cisco, 63% das empresas espanholas optam pelo modelo de nuvem como o protocolo de consolidação de dados e transmissão de informação mais eficiente em plena era digital.

No cenário tradicional, links estáticos de alta largura de banda e baixa latência, normalmente fornecidos pela infraestrutura MPLS, são cada vez mais vistos como inadequados para conectar filiais e locais remotos que direcionam grande parte de seu tráfego para data centers. A localização dos usuários também varia, com uma proporção crescente de tráfego atingindo aplicativos de negócios de terminais móveis, que são usados ​​alternadamente nas instalações da empresa e em outros lugares.

A importância dos serviços gerenciados

Outro aspecto a destacar no último relatório da IDC Research Espanha é a atitude das organizações em relação à gestão de suas redes WAN que tradicionalmente apresenta uma imagem mista. Alguns optaram por permanecer no controle, enquanto uma parte substancial das organizações prefere deixar seu provedor de serviços de comunicação ou um provedor de serviços gerenciá-los. SD-WAN tem potencial para atingir esse equilíbrio. Novas tecnologias, controle centralizado, ferramentas de gerenciamento fáceis de usar e a oportunidade crescente de usar o acesso direto à Internet como meio de transporte estão reforçando o interesse por modelos gerenciados. Ao mesmo tempo, os crescentes requisitos de rede e a complexidade da arquitetura favorecem os modelos de serviço gerenciado, assim como a tendência crescente em direção aos modelos de TI como serviço.

O cenário competitivo de serviços gerenciados SD-WAN de hoje oferece uma oferta diversa que inclui provedores de tecnologia, provedores de serviços gerenciados e CSPs estabelecidos. Esses provedores de serviço também estão desenvolvendo rapidamente suas próprias propostas, geralmente em estreita colaboração com fornecedores de tecnologia específicos para defender e fortalecer sua posição no mercado de WAN gerenciado como um todo. Até agora, muitas soluções de tecnologia iniciais se concentraram em fornecer aos usuários finais uma solução de rede completamente nova para substituir a WAN tradicional. No entanto, em muitos casos, SD-WAN se tornará um complemento às soluções de rede tradicionais, como VPNs IP baseadas em MPLS, a fim de fornecer uma sobreposição em arquiteturas de rede híbridas, que podem incluir MPLS, Internet, Ethernet e acesso móvel.

A IDC Research Spain acredita que os provedores de serviços gerenciados precisarão progressivamente desenvolver soluções que permitam às organizações adotar gradualmente os recursos SD-WAN. Muitos optam por testar, avaliar e implantar em uma escala limitada, antes de fazer implantações mais extensas em sua rede. Para lidar com essa alternativa, os provedores de serviços gerenciados precisarão cada vez mais fornecer um caminho interoperável entre os sites tradicionais e SD-WAN. Os CSPs, em particular, devem se concentrar, de acordo com a empresa analista, na integração mais estreita com outros componentes-chave de seu roteiro de desenvolvimento de rede, especificamente no que se refere à conectividade e virtualização de nuvem.

Nas palavras de Jacinto Cavestany, CEO da Evolutio “a digitalização da economia deixou de ser um discurso comercial para se tornar uma necessidade empresarial básica para as empresas que pretendem manter-se competitivas. E parte desse esforço depende do fortalecimento de sua infraestrutura e redes para aproveitar todo o seu potencial digital”.

“SD-WAN está se tornando o padrão de fato para redes WAN”, destaca Carlos Infante, Diretor de Enterprise Networks da Cisco España“Ele permite que os sites se conectem facilmente a uma ampla variedade de aplicativos baseados em nuvem, reduzindo a complexidade e os custos operacionais e melhorando a segurança e o desempenho de aplicativos críticos na era de várias nuvens”.